terça-feira, 11 de agosto de 2009

GOSPEL NEWS!

Feira de Santana pode ganhar nos próximos meses uma nova rádio FM. O estúdio da emissora deve ser construído na avenida João Durval Carneiro e deve ser chamada Elite FM. A informação é do empresário Nau Santana, produtor de shows evangélicos que declerou ao site Portal Gospel que o cantor gospel e ex-componente da banda Olodum, Lázaro já iniciou as negociações para aquisição dos direitos de explorar uma concessão radiofônica em Feira de Santana. Lázaro continua sendo um dos recordistas de vendas de cds do gênero e mantém agenda lotada para shows para os próximos meses no eixo Rio-São Paulo e em outros estados do Brasil. A programação da nova rádio será voltada para o público evangélico. O empresário Nau Santana, que é parceiro do cantor baiano deve ser o responsável pela gerência da emissora.

Fonte: site gnoticias

* * *

O Ministério Público Federal (MPF) em São Paulo ajuizou ação civil pública para obrigar a União a retirar todos os símbolos religiosos afixados em locais de atendimento ao público nas repartições federais do estado. Na ação, ajuizada no último dia 31, o Ministério Público Federal também pede que seja estabelecida multa simbólica de R$ 1,00 por dia em caso de descumprimento da determinação judicial.
A ação pede ainda que a Justiça estipule prazo de 120 dias para retirada dos símbolos religiosos. Segundo o MPF, há vários deles espalhados por prédios da administração pública federal no estado. De acordo com o MPF, a exposição de símbolos religiosos em locais públicos contraria dispositivo constitucional segundo o qual o Brasil é um Estado laico, no qual não pode haver vinculação entre o Poder Público e determinada religião ou igreja. "Quando o Estado ostenta um símbolo religioso de determinada religião em uma repartição pública está discriminado todas as demais ou mesmo quem não tem religião, afrontando o que diz a Constituição”, argumenta o MPF.

Fonte: Agência Brasil

Um comentário:

RM2 COMUNICAÇÃO disse...

boa noite!!
eu so passei aqui para prestigiar o seu trabalho.Continue